PIATÃ CHAPADA DIAMANTINA - BAHIA BRASIL - GUIA DE TURISMO JOÃO

PIATÃ CHAPADA DIAMANTINA - BAHIA BRASIL - GUIA DE TURISMO JOÃO

A mais alta cidade serrana de todo o Nordeste (1185 metros de altitude) e a mais antiga povoação da Chapada Diamantina é Piatã, que fica num platô entre as serras da Tromba - um prolongamento das Serra da Mantiqueira, onde estão as nascentes do Rio de Contas e do Rio Machado - e do Santana, com sua capela do Senhor do Bonfim.

O povoamento começou em meados do século XVII com a descoberta, por garimpeiros, de minas nas Serras da Tromba e do Santana, o que atraiu grande número de aventureiros à procura de ouro e pedras preciosas. Formou-se no município de Minas do Rio de Contas, atual Rio de Contas, o povoado de Bom Jesus dos Limões, atual Piatã, que nasceu às margens da Estrada Real, o caminho aberto pelo sertanista Pedro Barbosa Leal, em 1725, ligando Rio de Contas à Jacobina. É desta época a Igreja Matriz de Bom Jesus, situada na praça Vigário Souza e a Capela de Nossa Senhora do Rosário.

As festas juninas são as mais comemoradas, tanto na zona urbana quanto na rural e se caracterizam pela mesa farta de produtos típicos da época e por um "friozinho" que pode chegar a 3 ou 4º C. A média da temperatura anual nunca ultrapassa os 20º C. Nas noites de junho, as mais frias do ano, em todas as residências, há sempre um licor artesanal e um "quentão" - bebida típica da região - ou um café quentinho, plantado e colhido nos quintais da cidade.

As cachoeiras do Patrício, do Cochó, do rio de Contas, da Malhada da Areia, o Encontro das Águas, os Gerais do rio de Contas, a Bica do Machado, as serras do Santana, do Navio, da Tromba e os Três Morros, estão entre os principais atrativos naturais de Piatã, que fica a fica a 568 km de Salvador. O nome Piatã vem do tupi e significa "pé firme", "a fortaleza".

 

www.bahia.com.br/cidades/piata

 

O Pico do Barbado já foi roteiro da principal prova do Nordeste, a Carrasco, durante a edição de 2008 realizada entre as cidades de Mucugê e Piatã.

 

O principal ponto de partida para quem quer visitar o Pico do Barbado é a cidade de Piatã, município da Chapada Diamantina conhecido por ser o o mais alto da Bahia, situado a 1.300 metros de altitude.

 

De Piatã é preciso seguir de carro por 27 km (7 km de asfalto apenas e o restante de terra) até o pequeno vilarejo de Ouro Verde, de onde se segue por mais 18 km em uma estrada de barro até a localidade de Catolés de Cima. Lá é o ponto final para os veículos motorizados. A partir daí é preciso fôlego e disposição para presenciar uma das vistas mais bonitas da Chapada Diamantina.

 

A trilha para o topo do Pico do Barbado tem cerca de 5 km. A subida começa bastante agradável em uma trilha que passa até por um pequeno trecho de mata atlântica. Os primeiros quilômetros são de subida mais fácil em uma trilha muito bem marcada.

 

A atenção precisa ser redobrado no momento em que se sai do trecho de mata atlântica, onde a trilha começa a complicar. Alguns metros depois da mata o caminho irá bifurcar de forma pouco visível e será preciso pegar a trilha da esquerda, que dará início a uma escalaminhada até o topo do Pico do Barbado.

 

Nesse trecho, a subida fica um pouco mais complicada, pois a inclinação aumenta bastante. Mas nada que um belo visual da região não compense. A essa altura já é possível desfrutar da vista fantástica dos vilarejos de Catolés e Catolés de Cima, além da Serra da Tromba que fica bem em frente ao Pico do Barbado.

 

Com um preparo físico de nível médio é possível fazer a subida do Pico do Barbado em menos de 4 horas (ida e volta), mas reserve um pouco mais de tempo para ficar lá no topo apreciando o visual de diversos outras montanhas que cercam o Barbado.

 

No mapa da Chapada Diamantina "Trilhas e Caminhos", que compreende a região de Piatã, existe a trilha para o Pico do Barbado. Mas atenção, é preciso bastante conhecimento em trilhas para conseguir chegar ao topo porque a partir do trecho de escalaminhada a trilha em diversos momentos é sobre lajedos de pedras, em que muitas vezes o caminho desaparece. Quem não se sentir seguro em subir apenas com bússola e mapa pode contratar um guia no mesmo local onde se deixa o carro para iniciar a trilha.

 

Dica - Se optarem por sair de Piatã não deixem de experimentar o delicioso e premiado café da região. Na cidade há uma cafeteira chamada Rigno que dispõe de diversas opções para os amantes do café. O espaço é aconchegante, bem oportuno para o friozinho que faz na cidade. A depender da época da visita, o turista pode presenciar o termômetro da cidade (que é um ponto turístico) marcar temperaturas bem abaixo dos 10 graus.

 

Onde ficar em Piatã:

Pousada Chapada - (77) 3479-2445 ou 3479-2154

Pousada Ki-Mell - (77) 3479-2429 ou 3479-2305

Pousada Anchieta - (77) 3479-2434 ou 3479-2114