ÁGUA EM IBICOARA - RIOS E NASCENTES - CHAPADA DIAMANTINA - BAHIA BRASIL

ÁGUA EM IBICOARA - RIOS E NASCENTES - CHAPADA DIAMANTINA - BAHIA BRASIL

Há muito tempo eu constituía todo o globo terrestre, depois fui ordenado a me recuar um pouco a animar novas formas de vidas, mas continuo em toda parte do planeta, embora em alguns lugares quase não mim faço presente mais, mas continuo dando vida. Eu estou nas plantas, estou no ar, estou na superfície da terra, estou no subsolo, posso está também onde você não pode me ver, eu estou no seu sangue, na sua pele, no seus ossos, no ar que você respira, eu sou quase todo o seu corpo e você não mim ver, ninguém pode viver sem mim, já pensou nisso! E se eu me transformar em nada o que acontecerá! Em muitos lugares do mundo já me retirei. Não pensaram na minha importância, aí eu me renunciei antes do tempo pra lugares onde é possível mim achar. Tiraram minha proteção necessária aí eu mim perdi no espaço regando e dando vida a natureza. Posso está em algum lugar nesse infinito inimaginável. Criaram barreiras na minha caminhada, também tive que Pará de prossegui, quem estava me esperando não pode mim ver mais. Em alguns lugares eu estava no silencio, mim contaminaram, em outros lugares mim diminuíram tanto que perdi as forças para continuar. Em muitos lugares do mundo já começaram a se matar só pra ter um pouco de mim em seus lares, muitos já não tem mais a minha presença por perto. Todos que ainda tem o privilegio de ter minha presença está pensando nisso? está pensando na minha importância? já tem uma noção de como seria viver sem mim?

Em nossa linda Ibicoara também estou, mas já estive muito mais presente: À alguns tempos atrás eu  mim aumentava em todos os sentidos: Descia serras abaixo sem mim preocupar com as quedas, todos que sabe da minha importância me admirava, como era lindo esses tempos! Eu tinha meu tempo certo de divertir  e revelar meu encanto: Em cima de suas casas eu purificava o telhado, descendo as serras mim divertia sobre as pedras, preenchendo o vazio de muitos que mim esperava e dando mais vida as plantas. Todo mundo me esperava e eu chegava as vezes até antecipado. Mais infelizmente, da mesma maneira que me retirei de muitos lugares do planeta estou me retirando daqui: Tiraram quase toda minha proteção onde eu passavam, tive que me recuar. As plantas também é um bom refugio, mas estão acabando com elas, assim também tenho que mudar de lugar. Em cada vale das serras da Bocaina eu passavam, mas hoje já não mim encontra lá, mais pergunto: será que o que existe nos caminhos em que eu passavam vai viver muito tempo sem mim? Aqui eu também saciei vocês por tanto tempo, andando por um caminho sem proteção ao lado dessa linda cidade, mas minhas forças foi acabando até que fiquei em abandono sem ninguém ter a mínima piedade pra mim recuperar e mostrar seus descendentes o quanto fui  importantes em suas vidas. Hoje estou saciando vocês vindo por outro caminho, mas não sei por quanto tempo vou está passando por ali, pode ser por tempo curto, médio ou longo, reflita você nisso e tire suas conclusões. Lembra que sou a essência que da vida as centenas de cachoeiras dessa terra cheia de encanto e magia. A minha beleza contagia, purifica e da vida incontáveis mundos espalhados por toda essa imensidão cósmica. Esse é o momento de cada um elevar sua consciência e refletir sobre o quanto sou importante pra sobrevivência na terra, eu sou a substância que sacia a tua cede e constituem o teu corpo, eu sou água.

 

Autor: João Nilson Alves da Silva

 Ibicoara, 02/10/2012